Alinhamento 3D

Alinhamento 3D

Alinhamento 3D

O alinhamento é especificado pelo fabricante do veículo a fim de oferecer uma maior estabilidade do veículo, melhor dirigibilidade e otimização do grau de esterção. Um carro desalinhado pode trazer conseqüências graves, como por exemplo um acidente (o alinhamento é medido em graus e regulado no terminal de direção).

Existem três tipos de alinhamento: o manual (ou óptico), o eletrônico computadorizado (ou a laser) e o 3D.

O manual é o mais antiquado, feito por canhões de luz que são presos às roda. Eles projetam um feixe luminoso num painel à frente do veículo, mostrando o quanto as rodas estão desalinhadas. No segundo processo, os canhões de luz são trocados por projetores a laser, dando mais rapidez e precisão ao serviço.

O sistema 3D é bem diferente: um sensor lê a posição de um refletor instalado em cada roda e mostra na tela do computador o desenho tridimensional de partes do veículo e a variação das medidas em relação ao padrão de fábrica.

Essa tecnologia aumenta a precisão e ainda reduz o risco de perda de calibração dos equipamentos, já que os sensores estão fixos e os refletores nas rodas não precisam de calibração. O técnico só precisa comparar o resultado obtido pelo programa, que traz instalado as medidas de vários modelos de carro e ainda mostra a correção a ser feita.

Dicas de quando se deve alinhar o seu automóvel: A cada troca de pneus. Quando os pneus estiverem apresentando desgaste excessivo na área do ombro. Desgaste da banda de rodagem do pneus em forma de escama. Quando um pneu tem maior desgaste que o outro. Vibração do automóvel. Volante duro. O automóvel puxa para os lados quando o motorista larga o volante. O automóvel desvia e puxa para os lados quando os freios são acionados. Alinhar a cada 10.000 Km.